Prototipagem Rápida: uma solução tecnológica para a construção

Prototipagem Rápida

Você já ouviu falar em prototipagem rápida ou impressão 3D? Será que essas soluções tecnológicas podem trazer algum benefício para o setor da construção? 

Nesse artigo pretendemos esclarecer um pouco mais sobre essas tecnologias e apresentar alguns exemplos de sua utilização na construção civil.  

Mas, antes de entrarmos direto no assunto, é necessário apresentar alguns conceitos sobre o tema. Acompanhe no próximo tópico. 

1) Conceitos sobre prototipagem 

Protótipo: a palavra protótipo é derivada do grego onde (Protós) significa primeiro e (Typos), significa tipo. É o primeiro modelo criado para testar e validar uma ideia.  

Pode ser produzido manualmente, virtualmente (softwares da linha CAD), com desenhos, manufaturados etc. 

Alguns protótipos exigem grandes investimentos, mas outros podem ser bastante econômicos como, por exemplo, os produzidos pela prototipagem rápida. 

Prototipagem: processo de produção de protótipos. A prototipagem vem sendo utilizada em diversos setores: na odontologia, na ciência, na tecnologia, na indústria, na construção, entre outros. 

Prototipagem Rápida: A prototipagem rápida é o processo de produção de um produto em questão de horas e com baixo custo. Um dos métodos mais utilizados para a prototipagem rápida é a impressão em 3D.  

Veja mais detalhes sobre isso no próximo tópico do nosso artigo. 

2) Prototipagem rápida com impressões em 3D 

As impressoras 3D são muito utilizadas no processo de prototipagem. A partir de um design criado por meio de um software CAD, a máquina de impressão 3D lê os dados do desenho e deposita camadas de materiais para criar o modelo físico.  

Veja a seguir, como funciona o processo de impressão 3D. 

3) Funcionamento da impressão 3D 

O serviço de impressão 3D é desenvolvido por meio de um ou mais computadores com programas específicos. 

Para que o processo de impressão funcione corretamente é necessário haver na composição das impressoras elementos como plástico, metal, titânio, aço, entre outros.  

O objeto em 3D ou o protótipo é “impresso” em camadas. Em vez de cortar peças maciças, as máquinas modernas unem pedacinhos para formar o objeto.  

Entre as vantagens da impressão 3D estão: 

  • Personalização; 
  • Acessibilidade de produtos; 
  • Design efetivo; 
  • Não há desperdício de materiais; 
  • Redução de custos; 

Mas essa tecnologia pode ser aplicada na construção? De que forma? Explicamos a seguir. Continue lendo nosso artigo. 

4) Prototipagem rápida no setor da construção 

O professor Behrokh Khoshnevis, da Universidade da Califórnia do Sul, realizou diversos trabalhos voltados à utilização da impressão 3D na construção civil

Em um dos trabalhos foi possível realizar a automatização parcial da construção de paredes, lajes, vigas e pilares, além de outros elementos de uma edificação.  

Outro exemplo da utilização de impressão 3D na construção foi feito pela empresa chinesa WinSun, que construiu um prédio de cinco andares com a tecnologia. 

Outros exemplos poderiam ser apresentados e com excelentes resultados.  

No próximo tópico apresentamos as principais vantagens da utilização das impressoras 3D na construção civil. 

5) Vantagens das impressoras 3D na construção 

As principais vantagens de utilização dessa tecnologia são: 

  • Redução de custos e de tempo da obra: Impressoras 3D utilizam até 90% do material disponível, sem desperdício e sua utilização implica diretamente na redução de mão de obra braçal no canteiro de obras.   
  • Liberdade projetual: a impressão 3D oferece uma enorme gama de possibilidades projetuais. Permite construir em escala industrial diversos tipos de formas diferentes.  
  • Produção Sustentável: A construção com impressão 3D é mais sustentável. Uma das razões para isso é seu desempenho térmico, que proporciona conforto ambiental superior ao da construção convencional. 

E você? Acredita que a utilização da prototipagem rápida na construção civil pode trazer resultados positivos para o setor?

Deixe aqui seu comentário e compartilhe sua opinião nas redes sociais.